Pesquisa: torcedores trocam título do próprio time e rebaixamento de rival por hexa da Seleção

Levantamento com 1.642 brasileiros também prevê Alemanha como maior rival e Neymar craque

confiança na seleção brasileira é tão grande que, hoje, muita gente trocaria um título do time de coração pelo hexa do Brasil na Rússia.

Às vésperas da estreia da equipe de Tite, contra a Suíça, neste domingo, às 15h (de Brasília), em Rostov, uma pesquisa da Alexandria Big Data, em parceria com o GloboEsporte.com, mostra essa tendência. Foram 1.642 entrevistados de todas as regiões do Brasil.

Uma das questões do levantamento foi: “Se pudesse escolher entre Brasil hexacampeão, seu time sendo campeão do Brasileirão ou o maior rival sendo rebaixado, o que você escolheria?”.

A resposta:

  • Brasil hexacampeão: 60%
  • Time campeão brasileiro: 28%
  • Rival rebaixado para a Série B: 12%

A fé no hexa é comprovada por outra pergunta feita aos entrevistados: questionados sobre até onde a Seleção iria na Copa, 54% responderam que o Brasil será campeão. Outros 19% apostam em queda na semifinal, e 14% nas quartas. Só 7% acreditam em vice-campeonato na Rússia. Eliminações na primeira fase e nas oitavas, somadas, chegam a 7%.

Neymar craque, claro

Se Neymar foi apontado como craque na pesquisa que incluía os principais jogadores da Copa, como Cristiano Ronaldo e Messi, dentro da seleção não seria diferente.

Além do camisa 10, Gabriel Jesus e Phillippe Coutinho são os que mais carregam a esperança do torcedor brasileiro.

Veja abaixo os cinco mais votados:

Quem será o craque do Brasil na Copa?

Neymar 50%
Gabriel Jesus 14%
Phillippe Coutinho 5%
Marcelo 5%
Thiago Silva 3%

Rivalidade ou simpatia?

Outro dado curioso foi constatado pela pesquisa. A Alemanha aparece como líder em dois quesitos praticamente opostos: quem será o maior rival do Brasil na Copa, e qual será seu segundo time na Rússia.

Sobre rivais, a Alemanha é tida por 53% dos entrevistados como a principal adversária da seleção brasileira. Argentina (15%), França (8%), Espanha (7%) e Inglaterra (2%) completam a lista das cinco primeiras.

Quando o assunto é segundo time, a Alemanha lidera com 20% das intenções. Outros 16% citaram que “não têm uma segunda seleção”. Portugal (14%) e Argentina (10%) vêm na sequência.

2018-06-18T15:08:03+00:00